Equipe | Agência Tatu de Jornalismo de Dados

Escavadores

Lucas Thaynan

Diretor de visualização

Jornalista pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e designer apaixonado por dados e visualizações gráficas. Explorador-curioso de programação, é aficionado em contar histórias por meio dos números e em poder traduzir dados complexos em esquemas visuais de fácil entendimento. Participou de diversas formações na área do Jornalismo de Dados e, inclusive, algumas realizadas no Google, em São Paulo. Ganhou várias premiações de Jornalismo realizadas em Alagoas.

Graziela França

Diretora de monitoramento

Jornalista formada pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), conheceu o Jornalismo de Dados a partir de curso realizado pelo Centro Knight para Jornalismo nas Américas, em 2015. É apaixonada por conectar histórias reais aos dados públicos. Entusiasta do Jornalismo Científico e da divulgação de toda forma de conhecimento, mas também fascinada por política e assuntos do judiciário. Conquistou várias premiações no jornalismo alagoano.

Lucas Maia

Diretor de tecnologia

Concluinte de jornalismo pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), sempre teve grande interesse por programação de computadores e tecnologias em geral. Descobriu o potencial da programação para ajudar a contar boas histórias após realizar um curso de Python para jornalistas no Centro Knight, em 2017, o que lhe rendeu a oportunidade de apresentar seu projeto de jornalismo de dados na sede da Google no Brasil. Acredita na atuação jornalística como forma de fortalecer a democracia e no poder de tornar dados públicos mais acessíveis a todos.

Géssika Costa

Coordenadora de multiplataformas

Jornalista formada pelo Centro Universitário Cesmac, conheceu o Jornalismo de Dados por meio de cursos promovidos pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), em 2017. É fascinada pela produção de conteúdo multiplataforma, versátil e dinâmico. Considera que a produção de pautas com a utilização de dados reoxigena a comunicação e, antes de tudo, contribui com assuntos relevantes para a transformação da sociedade. Venceu algumas premiações no jornalismo local e nacional.

Maria Luíza Ávila

Estagiária

Graduanda em Jornalismo pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), conheceu o Jornalismo de Dados após realizar um curso de cobertura jornalística da Covid-19 pelo Centro Knight. Acredita no poder de transformação causado pela literatura e no impacto da difusão de histórias por meio do Jornalismo.