Comidas típicas do Natal têm variação de até 1.400% em Alagoas

Panetone de 400 gramas pode ser encontrado por valores que variam entre R$ 5,99 e R $89,90

image 10 - Comidas típicas do Natal têm variação de até 1.400% em Alagoas
Compartilhe

O fim do ano está chegando e o mundo inteiro se prepara para uma das festas mais esperadas: o Natal. A data, que para os cristãos celebra o nascimento de Jesus, movimenta a economia e diversos estabelecimentos ficam lotados. Para marcar a comemoração, diversas famílias se reúnem e realizam uma ceia repleta de comidas típicas.

Muito além da necessidade ou não das polêmicas uvas-passas no cardápio, a variação de preços dos produtos típicos da festividade chega a ser de 1.400% na região metropolitana de Maceió, segundo dados que foram extraídos das notas fiscais desta quarta-feira (16), a menos de 10 dias do Natal. Estas informações são fornecidas pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e foram analisadas pela Agência Tatu.

PANETONE

image 13 - Comidas típicas do Natal têm variação de até 1.400% em Alagoas

Foto: Pixabay

O pão doce frutado, tradicionalmente consumido nessa época do ano, pode ser encontrado desde valores bem acessíveis a extremamente altos. Responsável pela maior diferença desta lista, o produto (na apresentação de 400g) tem preços que se iniciam em R$5,99, na marca própria dos supermercados G. Barbosa. O produto mais caro pertence à marca Lindt, à venda no supermercado Palato por R$89,90, preço 15 vezes maior que o produto mais em conta.

CHESTER

image 11 - Comidas típicas do Natal têm variação de até 1.400% em Alagoas

Foto: Pixabay

A ave, que vem substituindo o peru na ceia dos brasileiros, possui uma variação menor. O quilo do chester congelado é encontrado a partir de R$13 e pode chegar a R$27,99. Já versões mais elaboradas, como o produto desossado, pronto ou defumado pode chegar até R$64,90.

PERU CONGELADO

image 12 - Comidas típicas do Natal têm variação de até 1.400% em Alagoas

Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

Alimento símbolo do período natalino, o peru congelado está custando entre R$16,98 e R$26,99 por cada quilo. O produto mais barato é da marca Rezende e pode ser encontrado nos supermercados Unicompra.

Dados abertos

Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta:

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

Capa da matéria "Ceia de Natal: Confira quais itens tiveram aumento ou redução no valor em Maceió" publicada originalmente na Agência Tatu. Imagem de uma cesta com itens de comida de Natal, no fundo verde. Elementos visuais compostos por setas subindo e descendo ao fundo.

Ceia de Natal: Confira quais itens tiveram aumento ou redução no valor em Maceió

Agência Tatu comparou custos e identificou mudanças nos preços dos produtos natalinos na capital alagoana
Capa da matéria "Nordeste arrecadou mais de 344 bilhões em impostos em 2023" publicada originalmente na Agência Tatu. Fundo azul escuro, com um mapa do Nordeste em laranja e os números "344" destacados em cima de placas lado-a-lado.

Nordeste arrecadou mais de 344 bilhões em impostos em 2023

Arrecadação nordestina representa 10,35% da arrecadação total do país
Imagem gráfica com fundo azul e foto recortada e em preto e branco de documentos com mão escrevendo com calculadora ao lado

Imposto de Renda 2024: veja as novidades, prazos e informações para declaração

Agora é obrigatória a declaração de bens que estão no exterior; veja demais mudanças
Capa da matéria sobre empreendedores surdos do Nordeste. Fundo em azul com mãos, em preto e branco, fazendo os sinais em Libras formando a palavra Negócio Acessível".

Empreendedores surdos provam que deficiência não limita capacidade de ter a própria empresa

Reportagem especial traz histórias de três empreendedores surdos e seus negócios