undraw developer activity re 39tg 1 - Sobre

Sobre


Nossa história

Com dados contamos histórias, descomplicamos os fatos e criamos soluções

A Agência Tatu de Jornalismo de Dados surgiu em 25 de abril de 2017, fruto do sonho de três estudantes de jornalismo da Universidade Federal de Alagoas, que viam no empreendedorismo uma forma de produzir um trabalho relevante e diferenciado no estado. Nosso objetivo principal era e continua sendo contar histórias de impacto por meio de dados. Assim, tornou-se o primeiro veículo especializado em Jornalismo de Dados do Nordeste, após meses de estudos e pesquisas.

Desde o início, a Tatu produz jornalismo baseado em evidências, entregando conteúdo relevante na forma de texto, vídeos e gráficos estáticos e interativos. Com o tempo, soluções de tecnologia também passaram a fazer parte das produções do veículo. 

Além disso, expandimos nosso alcance de Alagoas para os demais estados do Nordeste, resultado de uma dedicação persistente e da participação em programas regionais, nacionais e internacionais de aceleração. Mesmo diante dos avanços e transformações, os princípios fundamentais da startup permanecem inalterados: usar dados para informar os nordestinos de modo responsável, profundo e compreensível, sempre inovando nas formas de coleta e apresentação desses dados.


O que fazemos

Nossas produções editoriais combinam rigor jornalístico com design inovador, contando histórias que impactam e engajam o público. Além de reportagens e artigos, criamos infográficos interativos, dashboards e visualizações de dados que facilitam a compreensão de temas complexos.

Também oferecemos nossos serviços para clientes e parceiros. Podemos ajudá-lo a:

  • Extrair, analisar e visualizar dados de diversas fontes, como portais de transparência, bancos de dados públicos e pesquisas.
  • Criar conteúdo editorial com base em dados, como reportagens, artigos, infográficos e dashboards.
  • Desenvolver ferramentas de inteligência artificial para automatizar tarefas e gerar insights valiosos.
  • Combate à desinformação. Também realizamos checagens de fatos e desenvolvemos formas de automatizar buscas por conteúdo de teor duvidoso.

Se você está buscando por um parceiro para transformar seus dados em histórias que engajam, entre em contato conosco.

Conheça mais sobre o TatuLab, núcleo de desenvolvimento da Agência Tatu.

Solicite um orçamento pelo e-mail: ola@agenciatatu.com.br


Jornalismo de impacto

A Tatu busca provocar mudanças reais na sociedade, por meio de reportagens rigorosamente apuradas e contextualizadas com dados, especialmente focadas nos nove estados do Nordeste.

Um exemplo contundente do impacto da Tatu foi a reportagem sobre a falta de ar-condicionado em escolas públicas de Alagoas. A investigação expôs a dura realidade enfrentada por alunos e professores em um ambiente precário, sem condições adequadas de aprendizado.

O resultado? A pressão da opinião pública, impulsionada pela reportagem da Tatu, levou o Governo do Estado a anunciar a compra de centenas de equipamentos de ar-condicionado para as escolas do estado.

Também monitoramos de forma automatizada todas as publicações na imprensa que citam ou republicam seu conteúdo. O Relatório Analítico de Mídia da Tatu comprova o alcance e a relevância de seu trabalho, com mais de 2 mil registros em veículos de comunicação de todo o Brasil.


Conquistas

O trabalho jornalístico da Tatu foi reconhecido em diversas premiações, em âmbito local, regional e nacional. Ao longo dos anos, a agência recebeu dezenas de prêmios por reportagens que abordam temáticas como saúde, educação, meio ambiente e política, sempre com foco no impacto na vida das pessoas.

Desde 2020, a Tatu também se destaca na captação de recursos, sendo aprovada em diversos programas de financiamento de projetos. O reconhecimento de instituições como ICFJ, Meta, Ajor, Google e Sebrae demonstra a confiança na qualidade do trabalho da agência e seu compromisso com o desenvolvimento do jornalismo de dados no Nordeste.

A linha do tempo abaixo detalha as conquistas da Tatu em programas de financiamento:

financiamento tatu 2024 - Sobre

Política de republicação de conteúdo

Nós autorizamos a republicação de todas as nossas reportagens por outros veículos de comunicação. Nosso objetivo com isso é fazer com que nossas produções alcancem mais pessoas e tenham ainda mais impacto na sociedade.

No entanto, pedimos que sejam seguidas algumas regras para isso:

  • Citar a Agência Tatu no primeiro parágrafo do texto, ou no início da matéria de TV ou Rádio;
  • Os títulos das matérias podem ser adaptados desde que não alterem o sentido exposto pela matéria. Nestes casos, a Agência não se responsabiliza pelas eventuais alterações;
  • Ao utilizar gráficos e infográficos produzidos pela Agência é definitivamente proibida a alteração das informações apresentadas, bem como qualquer modificação no material;
  • Os links devem ser mantidos inalterados;
  • As imagens devem ser publicadas com os devidos créditos, no formato: Nome do fotógrafo/Agência Tatu.

Política de correção de erros

Na Agência Tatu, acreditamos que a transparência e a credibilidade são pilares fundamentais do jornalismo. Por isso, nos esforçamos para evitar erros a todo custo, e toda matéria publicada passa por uma revisão cuidadosa antes de ser veiculada.

No entanto, reconhecemos que não somos imunes a falhas. Se, porventura, uma informação equivocada for publicada em nosso site, agiremos com transparência e rapidez para corrigi-la.

Ao alterarmos o conteúdo de uma reportagem:

  • Informaremos ao leitor a data e hora da atualização, de forma clara e visível;
  • Detalharemos o que foi corrigido, para que o leitor possa entender a mudança;

Acreditamos que essa política demonstra nosso compromisso com a qualidade da informação que oferecemos aos nossos leitores.

  • Esta política se aplica a todos os conteúdos publicados pela Agência Tatu, incluindo reportagens, artigos, entrevistas, vídeos e outros formatos.
  • Erros de digitação, ortografia e gramática serão corrigidos sem aviso.
  • Caso encontrem erros, os leitores podem entrar em contato com a Agência Tatu por meio do nosso email: ola@agenciatatu.com.br.

Política de uso de Inteligência Artificial

A política de uso de inteligência artificial (IA) da Agência Tatu reforça seu compromisso com a transparência, responsabilidade e ética em todas as etapas de produção de conteúdo. Destacam-se os seguintes pontos:

  • Supervisão humana: A IA é utilizada como uma ferramenta de apoio, não substituindo o papel dos jornalistas, programadores ou designers. Todo conteúdo gerado por IA passa por revisão e validação humana antes da publicação.
  • Transparência: Qualquer conteúdo produzido principalmente por IA ou bots de automação será claramente identificado para os leitores, incluindo informações sobre a metodologia utilizada. Pequenas melhorias textuais em conteúdos humanos não requerem divulgação do uso de IA.
  • Usos permitidos e proibidos: Todo material publicado é revisado e validado por humanos, garantindo a qualidade e precisão. A Agência Tatu não compartilha fontes confidenciais com plataformas externas de IA.
  • Responsabilidade e ética: A Agência mantém padrões de objetividade, precisão e qualidade, sendo responsável por todos os conteúdos produzidos. Erros são corrigidos com transparência, sem atribuí-los à máquina. A confidencialidade das fontes é preservada, não inserimos informação sigilosa em LLMs.
  • Treinamento e qualificação: A equipe é incentivada a participar de treinamentos em IA e automação, tanto em aspectos tecnológicos quanto em discussões éticas.
  • Adaptabilidade Contínua: A política de uso de IA é continuamente atualizada para acompanhar avanços tecnológicos e novos desafios, garantindo sua eficácia e conformidade ética.

Esses princípios orientam a Agência Tatu na integração responsável e transparente da IA em suas práticas jornalísticas, mantendo seu compromisso com a qualidade e a confiabilidade do conteúdo produzido.

Acesse a íntegra de nossa Política de IA na redação.


Política de Transparência

Na Agência Tatu, acreditamos que as análises de dados públicos usados em reportagens devem estar disponíveis para todos. Por isso, estamos comprometidos em divulgar os dados utilizados em nossas reportagens, especialmente os dados públicos.

Ao final de cada reportagem, o leitor encontrará links para os dados utilizados, sejam eles documentos, planilhas, dashboards ou outros formatos. Nossa intenção é que, com acesso aos dados brutos, nossa audiência e todo o ecossistema jornalístico possa:

  • Verificar as informações por si mesmo;
  • Explorar os dados com outros olhares e ferramentas;
  • Formar suas próprias conclusões sobre os fatos apresentados.

Além disso, parte das reportagens publicadas pela Tatu com metodologia, onde detalhamos o processo de elaboração, raspagem e análise dos dados e documentos necessários para a produção da pauta jornalística.


Política de diversidade na redação

A Agência Tatu reconhece a importância da diversidade em seu time profissional para que seja possível produzir um jornalismo mais plural, ético e representativo da sociedade.

Embora a busca por mais diversidade no ambiente de trabalho seja um processo contínuo e ainda estejamos dando os primeiros passos na construção de regras que formalizam essa direção, nós sempre acreditamos que a multiplicidade racial, de gênero, sexualidade, perspectivas, origens, experiências e vivências enriquece o ambiente de produção jornalística, amplia a gama de fontes e pautas e contribui para a construção de um jornalismo mais plural e relevante para o público.

Por estas razões, a Agência Tatu se compromete em:

  • Promover a diversidade tanto na nossa equipe, quanto nas reportagens que desenvolvemos, buscando a representatividade da sociedade brasileira em termos de raça, gênero, orientação sexual, identidade de gênero, classe social, idade, religião, deficiência e outras características.
  • Criar um ambiente de trabalho inclusivo e acolhedor para todos os colaboradores, livre de discriminações e preconceitos, onde cada indivíduo se sinta respeitado e valorizado por suas diferenças.
  • Garantir a igualdade de oportunidades para todos os colaboradores, independentemente de suas características pessoais.
  • Produzir um jornalismo plural e representativo, que reflita a diversidade da sociedade e atenda às necessidades e interesses de diferentes públicos.

Para garantir o cumprimento de todos os compromissos, a Agência Tatu busca promover periodicamente rodas de conversa junto à equipe, estabelecendo em conjunto quais caminhos são mais efetivos para alcançar esses objetivos.

Conheça as produções e a biografia de todos os que fazem a Agência Tatu. Acesse: agenciatatu.com.br/equipe

WhatsApp Image 2023 04 24 at 21.20.24 - Sobre

Metodologia de checagem de fatos

Para realizar checagens de fatos, publicadas na editoria Nordeste Sem Fake, a Agência Tatu se inspira em princípios de fact-checking internacionalmente reconhecidos pela comunidade jornalística e que foram compilados pela International Fact-Checking Network (IFCN). Sendo estes:

  • Comprometimento com a transparência das fontes:  Queremos que os leitores consigam ser capazes de verificar os fatos por eles mesmos. Daremos publicidade a todos os detalhes necessários para que o leitor seja capaz de replicar nosso trabalho por conta própria, com exceção aos casos em que a segurança da fonte possa ser comprometida. Nesses casos, iremos informar todos os detalhes possíveis.
  • Transparência da apuração: Iremos divulgar os caminhos da apuração que fizemos para a realização de nossas checagens.
  • Correções honestas: A apuração rigorosa é fundamental em todo trabalho jornalístico e sempre esperamos não cometer erros. No entanto, caso um erro aconteça, nós deixaremos o leitor informado sobre o erro de apuração e suas causas ao atualizar o material com as informações corretas.
  • Não partidarismo e equilíbrio na abordagem dos temas: Utilizaremos os mesmos padrões jornalísticos para qualquer fato checado. Deixaremos as evidências guiarem as conclusões.

Além disso, um princípio norteador em nossas checagens é que “caso o repórter não esteja plenamente convencido, a checagem não está suficientemente boa”. 

Orientamos nosso time de fact-checking a se colocar na posição de quem frequentemente acredita e compartilha desinformação e tentamos aprofundar e demonstrar nossas verificações e métodos tanto quanto for necessário para que nosso texto final seja capaz de dar o tema por encerrado, do contrário o texto não será publicado.

Ao final de cada checagem é atribuído um selo, identificando o nível de confiabilidade da informação. Estes selos são classificados da seguinte forma:

  • Verdadeiro – Quando a informação é verdadeira, ou seja, todas as fontes (dados públicos, fontes oficiais ou científicas) atestam a veracidade daquilo que foi divulgado;
  • Impreciso – Quando a informação está fora de contexto ou não traduz a realidade atual. No entanto, não foi originalmente produzida com o intuito de desinformar;
  • Insustentável – Não há dados oficiais ou fatos que comprovem a informação divulgada;
  • Falso – Quando o que foi divulgado é desinformação. Um boato construído com o claro intuito de espalhar inverdades.

Estes selos podem receber outros nomes, a depender do destaque que deseja ser dado a cada caso.


Quem faz a Agência Tatu

Não há mistério por trás da Agência Tatu. Somos uma empresa formalmente constituída como Agência Tatu de Jornalismo de Dados Ltda, sob o CNPJ 30.919.862/0001-83

Nossa redação fica localizada em uma pequena, mas charmosa, sala comercial localizada na R. Elias Ramos de Araújo, 30A, no bairro de Cruz das Almas, em Maceió, capital de Alagoas.

A Tatu é coordenada por três sócios igualitários e atuantes na empresa:

  • Lucas Thaynan, diretor de visualização (e também financeiro), com vasta experiência em transformar dados complexos em visuais claros e informativos.
  • Graziela França, diretora de conteúdo (e porta-voz), responsável por liderar a equipe editorial e garantir a qualidade e relevância das nossas reportagens.
  • Lucas Maia, diretor de tecnologia (e de contratos), cuida da infraestrutura digital da agência e desenvolve ferramentas inovadoras.