Eleições 2022: Confira os governadores eleitos no Nordeste no 2º turno

Veja ainda dados de abstenção e presidente mais votado em cada um dos estados nordestinos

capa candidatos eleitos governador - Eleições 2022: Confira os governadores eleitos no Nordeste no 2º turno
Compartilhe

Neste domingo (30), 2º turno das Eleições 2022, cinco estados conheceram os governadores eleitos no Nordeste. Eleitores de Alagoas, Bahia, Paraíba, Pernambuco e Sergipe foram às urnas para votar, além do presidente da República, também em seu governador ou governadora.

Com um eleitorado de mais de 42 milhões de pessoas, em todos os estados da região o presidente eleito Lula (PT) obteve maior quantidade de votos contra o atual presidente Bolsonaro (PL). 

Governador eleito em Alagoas

Em Alagoas, o atual governador do estado, Paulo Dantas (MDB), foi reeleito com 52,33% dos votos válidos, o que representa 834.278 pessoas. Já Rodrigo Cunha (União) contou com 47,67%, isto é, com 759.984 votos.

O estado teve 23,27% de ausências, o que representa as pessoas que deixaram de ir às urnas neste domingo (30). Do total de votos, 2,68% foram brancos (47,668) e 7,88% nulos (140.477).

O presidente eleito Lula teve 58,68% dos votos válidos, enquanto Bolsonaro obteve 41,32%. Alagoas foi ainda o estado do Nordeste em que Bolsonaro teve maior porcentagem de votos.

Governador eleito na Bahia

Na Bahia foi eleito Jerônimo (PT), com 52,79% dos votos, o que representa 4.480.464 pessoas. ACM Neto (União) teve 47,21%, ou seja, 4.007.023 votos.

O estado teve 20,49% de ausentes, o que representa as pessoas que deixaram de ir às urnas neste domingo. Do total de votos, 1,26% foram brancos (113.101) e 4,06% foram nulos (363.656).

O presidente eleito Lula teve 72,12% dos votos válidos, enquanto Bolsonaro obteve 27,88%. Bahia foi o segundo estado do Nordeste em que Lula alcançou maior porcentagem de votos.

Governador eleito na Paraíba

Na Paraíba, o atual governador do estado, João (PSB), foi reeleito com 52,51% dos votos válidos, o que representa 1.221.904  pessoas. Já Pedro Cunha Lima (PSDB) contou com 47,49%, ou seja, com 1.104.963 votos.

O estado teve 16,75% de ausentes, o que representa a proporção de pessoas que deixaram de ir às urnas neste domingo. Do total de votos, 2,39% foram brancos (61.286) e 7,04% foram nulos (180.953).

O presidente eleito Lula teve 66,62% dos votos válidos, enquanto Bolsonaro (PL) obteve 33,38%.

Governadora eleita em Pernambuco

Em Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB) foi eleita com 58,70% dos votos válidos, o que representa 3.113.415 pessoas. Já Marília Arraes (SD) contou com 41,30%, ou seja, com 2.190.264 votos.

O estado teve 17,32% de ausentes, o que representa a proporção de pessoas que deixaram de ir às urnas neste domingo. Do total de votos, 1,96% foram brancos (113.730 e 6,52% foram nulos (377.950).

O presidente eleito Lula (PT) teve 66,93% dos votos válidos, enquanto Bolsonaro (PL) obteve 33,07%.

Governador eleito em Sergipe

Em Sergipe, Fábio (PSD) foi eleito governador do estado com 51,70% dos votos válidos, o que representa 623.851 pessoas. Já Rogério Carvalho (PT) contou com 48,30%, ou seja, com 582.940 votos.

O estado teve 18,90% de ausentes, o que representa a proporção de pessoas que deixaram de ir às urnas neste domingo (30). Do total de votos, 3,49% foram brancos (47.242) e 7,35% foram nulos (99.505).

O presidente eleito Lula (PT) teve 67,21% dos votos válidos, enquanto Bolsonaro (PL) obteve 32,79%.

Votação para presidente nos estados

Os quatro estados do Nordeste já haviam elegido seus governadores no primeiro turno das eleições. Com isso, os eleitores foram às urnas para votar apenas para presidente.

No Ceará, Lula contou com 69,97% dos votos válidos, enquanto Bolsonaro teve 30,03%.

Já no Maranhão, Lula teve 71,14% dos votos contra 28,86% de Bolsonaro.

No Piauí foram 76,86% dos votos válidos para Lula, sendo o estado do nordeste com maior proporção de votos ao candidato petista. Já Bolsonaro teve 23,14%.

No Rio Grande do Norte, 65,10% dos votos válidos foram para Lula, contra 34,90% para Bolsonaro.

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

Capa: presos podem votar? Ilustração com urna eletrônica e pessoa algemada

Presos podem votar no Brasil?

No Brasil o voto de pessoas privadas de liberdade é permitido apenas aos presos provisórios e adolescentes custodiados; Menos de 7% dos presos provisórios brasileiros estão aptos a votar nas Eleições 2022
Capa para a matéria "Confira a ordem de votação nas urnas para o 2º turno das eleições 2022" da Agência Tatu. Ilustração digital com o modelo novo da urna sob fundo de cor sólida e um balão de fala saindo da urna dizendo '2º turno'.

Confira a ordem de votação nas urnas para o 2º turno das eleições 2022

Ordem dos candidatos muda, mas processo eleitoral permanece igual
Capa da matéria "Lula venceu em 98,9% dos municípios do Nordeste, no 2º turno". Ilustração digital com fundo vermelho contendo mapa do nordeste, no primeiro plano tem uma imagem do Lula apertando mãos de pessoas.

Lula venceu em 98,9% dos municípios do Nordeste, no 2º turno

Candidato do PT também foi o mais votado na maioria dos municípios brasileiros
Capa da matéria "Eleições 2022: o que é a democracia e quais regimes políticos já passaram pelo Brasil". Ilustração digital que traz um fundo azul, várias mãos para o alto e alguns balões de dialógo logo acima.

Eleições 2022: o que é a democracia e quais regimes políticos já passaram pelo Brasil

Democracia tem sido elemento central no debate eleitoral de 2022