Onde tem Álcool Gel em Maceió? 

Com a chegada dos casos do novo coronavírus em Maceió, a busca por prevenção aumentou e praticamente zerou o estoque de um dos principais instrumentos para evitar a contaminação do vírus: o álcool em gel 70%. Pensando nisso, a Agência Tatu criou esta página para que o cidadão possa acompanhar os estabelecimentos que ainda contam com o produto e o preço cobrado em cada lugar.

Ressaltamos que a melhor coisa a fazer agora é ficar em casa, mas se precisar se deslocar à procura do produto, sugerimos que entre em contato com o estabelecimento antes de sair. Os estoques podem zerar rapidamente antes que os dados sejam atualizados.

ATENÇÃO: Nossos servidores estão ficando sobrecarregados devido a grande quantidade de acessos. Caso a lista não abra, por favor, tente novamente mais tarde.

Clique no “+” para ver mais detalhes.

COMO FUNCIONA?

Este mapeamento coleta, em tempo real, os dados das notas fiscais emitidas e fornecidas pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AL). As informações são baixadas automaticamente para a plataforma quando a nota fiscal é emitida para o consumidor. A tabela está organizada de acordo com a última venda de cada estabelecimento.

O monitor exibe ainda o nome, endereço e telefone do estabelecimento. Assim o consumidor pode entrar em contato antes de se deslocar, evitando se expor ao vírus sem necessidade.

É importante destacar que não é possível garantir que o estabelecimento ainda tenha o produto, uma vez que mesmo os dados sendo atualizados constantemente, os estoques podem zerar rapidamente.

O mapeamento inclui todos os estabelecimentos que venderam, recentemente, produtos com a descrição: “álcool em gel 70%”. Mas vale ressaltar que com o decreto de Situação de Emergência (Nº 69.541), que determina o fechamento de alguns estabelecimentos em todo o Estado por um período de 10 dias, apenas farmácias e supermercados podem continuar funcionando normalmente.

Nota

A Agência Tatu apenas coleta e organiza os dados repassados pela Sefaz. Caso deseje fazer uma reclamação sobre preços, procure o Procon no canal de denúncias por WhatsApp (82) 98882-8326.