Carnaval: interesse de busca no Google começa a subir quatro meses antes dos festejos

Após festividades, pesquisas pelo termo caem e voltam a subir em outubro

Capa da matéria "Carnaval: interesse de busca no Google começa a subir quatro meses antes dos festejos " publicada na Agência Tatu. Trata-se de uma colagem com alguns foliões e uma barra de pesquisa do Google acima deles com os dizeres "Carnaval 2023".
Compartilhe

Uma das principais festas do ano, o carnaval é esperado pelos brasileiros e motivo de buscas mesmo antes de um novo ano chegar. Essas pesquisas incluem roupas, fantasias, blocos, cidades, atrações e festas, tudo para garantir a melhor experiência possível durante os festejos. 

A Agência Tatu verificou o interesse de busca pelo termo “carnaval” e todas suas pesquisas relacionadas no Google Trends entre 1º de janeiro de 2022 a 03 de fevereiro de 2023.

Logo após a passagem do carnaval, o interesse do público cai e a festividade entra em “pausa” e dá lugar a outros acontecimentos anuais como Páscoa, São João e Dia dos Namorados. Porém, essa queda nas pesquisas sobre carnaval não dura nem até o final do ano, já que o Google começa a registrar mais quantidade e interesse nas pesquisas em  outubro.

Interesse de pesquisa por carnaval no Google

Um avanço similar é percebido também entre o dia 01/01 e 02/01, já que após o ano novo, carnaval é o próximo grande “evento” e as pesquisas aumentam consideravelmente nesse período. Correlacionado às pesquisas de carnaval, as buscas sobre fantasias adultas e infantis, abadás, blocos carnavalescos e se carnaval é realmente um feriado também aumentam consideravelmente.

Buscas por estado relacionadas ao carnaval

Estados e cidades também entram no radar das pesquisas. Dos 10 estados mais procurados nessa época, oito são do Nordeste. Cidades como Olinda (PE), Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ) são umas das mais cobiçadas, seja pelo carnaval mais tradicional ou mais contemporâneo. 

Dados abertos

Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta:

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

Capa da matéria "A cada 100 mil habitantes do Nordeste, 30 tem 100 anos ou mais" publicada originalmente na Agência Tatu.

A cada 100 mil habitantes do Nordeste, 30 tem 100 anos ou mais 

Aproximadamente metade da população da faixa +100 vive na Bahia e Maranhão
Capa da matéria publicada originalmente na Agência Tatu "Madonna no Brasil: Nordestinos vão ao Rio de Janeiro para show de encerramento da “Celebration Tour”". Foto de Matthew Rettenmund/SplashNews.com

Madonna no Brasil: Nordestinos vão ao Rio de Janeiro para show de encerramento da “Celebration Tour”

Previsão de espectadores para o show é de 1,5 milhão de pessoas
Quilombolas no Nordeste

A cada 10 quilombolas do Nordeste, apenas 1 vive em território delimitado

Censo 2022 contabilizou 905.415 quilombolas na região; estados do Nordeste concentram mais de 68%, no entanto, menos de 10% em territórios quilombolas
refeição fora de casa

Trabalhador do Nordeste compromete 72% de salário mínimo com refeição fora de casa

Nordeste tem a segunda refeição fora de casa mais cara do país