Site dos EUA afirmando que “Bolsonaro efetivamente venceu o segundo turno” reproduz desinformação

Site americano de ultradireita volta a publicar inverdades sobre o processo eleitoral brasileiro de 2022; perfis brasileiros compartilham link afirmando que Bolsonaro teria vencido eleições

fake site eua eleicoes - Site dos EUA afirmando que “Bolsonaro efetivamente venceu o segundo turno” reproduz desinformação
Compartilhe

Desinformações questionando a legitimidade das eleições presidenciais no Brasil seguem sendo compartilhadas nas redes sociais. Nesta semana, um site de ultradireita dos Estados Unidos voltou a publicar supostas evidências de fraudes sobre o processo eleitoral e sugere a suspensão das eleições. O conteúdo é falso.

O que estão dizendo?

Um conteúdo publicado por um site de ultradireita em 22 de dezembro afirma que existem ainda mais evidências de fraude nas eleições presidenciais brasileiras. O texto está sendo veiculado nas redes sociais e se baseia em um suposto estudo técnico produzido por um grupo internacional de analistas forenses feito a partir da aplicação da Lei de Benford.

O conteúdo afirma ainda que “as eleições estão se tornando assunto de nível de Interpol devido à criminalidade massiva, se tornando um escândalo estatístico mundial”. E acrescenta que “cada vez mais estão surgindo novas análises que mostram a fragilidade do sistema de apuração de votos e resultados eleitorais no Brasil”.

No Twitter, diversos perfis têm compartilhado a publicação ao mesmo tempo que afirmam falsamente que Bolsonaro teria vencido as eleições. “Acabou de sair nos EUA afirmando que Bolsonaro efetivamente venceu o segundo turno. Um excelente artigo com um levantamento tecnico de ciencia forense  mostrando “como” e “onde””, afirma o post que conta com 11,6 mil compartilhamentos e 33,8 mil curtidas.

Oxe, é Fake

A afirmação do conteúdo é falsa. As eleições brasileiras não foram fraudadas e o processo eleitoral foi legítimo, como já foi comprovado por diversas análises oficiais e independentes.

Essa mesma desinformação já foi desmentida pelo Nordeste Sem Fake, o que comprova que desinformações estão sendo recorrentemente replicadas com o intuito de deslegitimar o processo eleitoral.

Sobre este caso, Dalson Figueiredo, professor de Ciência Política da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), explicou que o dossiê que afirmava existirem fraudes nos resultados eleitorais continha falhas e inconsistências matemáticas e computacionais, além de ter uma metodologia opaca.

“Hoje em dia, qualquer pessoa com um conhecimento intermediário de Excel é capaz de produzir um relatório com informações enviesadas, ou seja, é muito fácil mentir com estatística. Por isso, a ciência vem aderindo a padrões rigorosos de transparência e replicabilidade”, pontuou Figueiredo na checagem do  Nordeste Sem Fake.

A técnica da Lei de Benford para analisar processos eleitorais não tem capacidade de identificar e comprovar irregularidades eleitorais. Essa constatação já foi feita pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e por uma equipe de pesquisadores brasileiros que realizaram estudo com os dados das eleições presidenciais de  2022 e não detectaram nenhuma anomalia.

Nordeste Sem Fake

O conteúdo falso foi encontrado pela robô Dandara, que monitora diariamente diversas redes sociais em busca de publicações com conteúdos potencialmente relacionados à desinformação. O trabalho tem a participação dos checadores do projeto Nordeste Sem Fake, da Agência Tatu. Mais checagens de fatos estão disponíveis no site.

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

leite nan não é doado por hospitais universitários

É falso! Hospitais universitários não doam leite Nan 

Conteúdo falso circula desde 2015; leite Nan não consta em lista de itens oferecidos pelo SUS
doacao - O que se sabe sobre multas e restrições a caminhões com doações para o RS

O que se sabe sobre multas e restrições a caminhões com doações para o RS

Confira as afirmações e esclarecimentos sobre a circulação de caminhões em direção ao RS
Fotos de enchente no Maranhão são antigas

Fotos de alagamento no Maranhão são antigas e não retratam atual situação do estado

Publicação enganosa traz quatro imagens, mas apenas uma retrata situação em 2024
produção rural

É falso! Nordeste não perdeu 9 bilhões de produção rural em 2023

Valor Bruto da Produção Agrícola de 2023 só será fechado em dezembro