Novos casos de Covid-19 dobram em um mês em AL

De dezembro a janeiro o estado registrou 10.071 novos infectados

04/01/21, 16h01 (atualizada em 09/12/21, 11h12)

Compartilhe:

Reportagem Graziela França

Após um período eleitoral e o início de uma alta temporada movimentada, já era esperado um aumento na quantidade de casos confirmados do novo coronavírus em Alagoas. E isso é o que apontam os dados. Enquanto de novembro a dezembro houve um aumento de 4.627 de novos casos, de dezembro a janeiro o crescimento foi de 10.071 novos infectados no estado.

De acordo com os Boletins Epidemiológicos da Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas, analisados pela Agência Tatu, em 3 de dezembro tinham sido confirmados 95.643 casos de Covid-19, o que representa 5% de aumento com relação aos números de 3 de novembro (91.016). Já no boletim divulgado ontem, 3 de janeiro, os casos saltaram para 105.714, isto é, um acréscimo de 10,5%.

Já com relação aos óbitos, o aumento de novembro para dezembro foi de 96 vítimas (4,2%), enquanto de dezembro para janeiro foi de 163 novas mortes (6,90%).

Palestina tem a maior incidência de casos

Localizado no Sertão alagoano, o município possui 308 casos confirmados e 5.037 habitantes, de acordo com a estimativa populacional para 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para facilitar a compreensão, o cálculo foi feito levando em consideração quantas pessoas estariam contaminadas a cada mil habitantes. No caso da cidade de Palestina, a cada mil moradores, 61 já contraíram Covid-19. Veja os dez municípios com maior incidência.

Dados abertos

Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta.

1. Boletim Epidemiológico de 3 de novembro de 2020
2. Boletim Epidemiológico de 3 de dezembro de 2020
3. Boletim Epidemiológico de 3 de janeiro de 2021

Somos uma startup de jornalismo de dados de Alagoas  com foco em produção de conteúdo e produtos inovadores para a realidade local e regional.

Assine a nossa newsletter

© 2017 - 2021 Agência Tatu de Jornalismo de Dados.

Todos os direitos reservados.

Política de Privacidade