Presidenciáveis gastam mais de R$3 milhões em propaganda eleitoral online no Nordeste

A cada R$10 em anúncios no Google, Bolsonaro gasta R$3,25 e Lula R$2,35 no Nordeste

Anuncios no googel - Presidenciáveis gastam mais de R$3 milhões em propaganda eleitoral online no Nordeste
Compartilhe

Os quatro candidatos à presidência da República melhor avaliados nas pesquisas eleitorais já investiram mais de R$3,3 milhões em anúncios no Google e Youtube direcionados ao Nordeste. O candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL) é o que mais gastou proporcionalmente na região até o momento, utilizando 32,5% do total investido em anúncios. Já Lula (PT) é o que menos investiu: 23,5% do total.

Ainda de acordo com os dados analisados pela Agência Tatu, Bolsonaro dedicou um total de R$878 mil reais em 133 anúncios para o Nordeste. Já Lula investiu na região R$1,3 milhão em 1.534 anúncios. Ciro Gomes gastou, em todo o país, R$2.854.000, mas direcionou 30,1% para o Nordeste; enquanto Simone Tebet, 25,3% dos R$954.5 mil.

As informações foram divulgadas pelo Google e compreendem o período de campanha eleitoral, iniciado em 16 de agosto, até esta terça-feira (27). 

Em números absolutos, o maior valor investido é o do candidato Lula com R$1,3 milhão. Na sequência aparece Bolsonaro com R$ 878 mil, Ciro Gomes com R$861 mil e Simone Tebet com R$241 mil reais. Os maiores valores foram distribuídos entre os estados com mais eleitores, que são Bahia, Pernambuco e Ceará. 

Ranking dos gastos dos candidatos com anúncios no Google e Youtube

Veja abaixo os gastos de cada candidato no Nordeste e em todo país com impulsionamentos no Google entre 16 de agosto e 27 de setembro:

  • Lula (PT): R$ 1.331.000 (NE) - R$ 5.651.000 (BR)
  • Bolsonaro (PL): R$ 878.000 (NE) - R$ 2.695.000 (BR)
  • Ciro Gomes (PDT): R$ 861.500 (NE) - R$ 2.854.000 (BR)
  • Simone Tebet (MDB): R$ 241.500 (NE) - R$ 954.500 (BR)

Dados abertos

Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta:

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

Fotomontagem com cartão de crédito escrito Cartão da Presidência - CAPA - Bolsonaro-gastou-mais-de-R4-milhoes-no-cartao-corporativo

Em visitas ao Nordeste, Bolsonaro gastou mais de R$4 milhões no cartão corporativo

Valores se referem aos gastos do cartão corporativo da Presidência da República; a maior parte dos gastos são de alimentação e hospedagem.
Capa_matéria_Sem vagas, cemitérios de Maceió enterram 80% dos mortos em cova rasa

Sem vagas, cemitérios de Maceió enterram 80% dos mortos em cova rasa 

Interdição do cemitério Santo Antônio devido ao afundamento de solo causado pela mineradora Braskem agravou a situação funerária
atentados - Autoridades nordestinas repudiam atentados em Brasília

Autoridades nordestinas repudiam atentados em Brasília

Governadores, prefeitos e parlamentares do Nordeste se manifestaram sobre os atentados criminosos contra as instituições em Brasília.
Capa Braskem - Exclusivo: Braskem já bancou campanhas de governadores, senadores e outros políticos de Alagoas

Exclusivo: Braskem já bancou campanhas de governadores, senadores e outros políticos de Alagoas

Entre 2004 e 2014 a petroquímica doou quase R$ 3 milhões a dezenas de candidatos alagoanos