Um terço dos óbitos por covid-19 em Alagoas é de pessoas com menos de 60 anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Em parceria com o veículo Acta, nós explicamos esses números ao vivo. Confira o vídeo.

Agência Tatu

Em março, quando os olhos de todo o mundo estavam voltados à crise de saúde causada pelo coronavírus na Itália, o país europeu registrava que cerca de 95% dos óbitos eram de pessoas com mais de 60 anos. Esse fator somado à mortalidade causada pela doença em outros países, fez com que a idade se tornasse uma condição de maior risco para a Covid-19.

Na realidade, há singularidades na demografia do país europeu e de outros países do mundo. Enquanto o Brasil possui cerca de 14% da população na faixa etária acima dos 60 anos, a Itália conta com 22,8%.

Alagoas apresenta uma porcentagem de idosos um pouco menor que a estimativa brasileira. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) coletados pela Agência Tatu, Alagoas conta com 11,4%, o que representaria cerca de 382 mil habitantes.

Oficialmente, a taxa de mortalidade média do coronavírus no Brasil é de 6,1%, conforme aponta o Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde. Já em Alagoas a letalidade pela doença é de 4,8%, no entanto, 32,6% destes óbitos são de pessoas abaixo dos 60 anos de idade.

Assine a nossa newsletter

Recomendadas pra você

Receba conteúdo gratuito da Tatu diretamente no seu WhatsApp.