É falso que apostila para professores incentive masturbação infantil

Vídeo com desinformação viralizou em 2019 e voltou a ser compartilhado

É falso que apostila incentive masturbação infantil
Compartilhe

Não é verdade que a Secretaria Municipal de Fortaleza promova formações de professores com apostila com incentivo à masturbação de crianças para acalmá-las. A afirmação da youtuber Regina Villela, feita em 2019 e que voltou a ser compartilhada, não contextualizou citação em um slide. O conteúdo apenas cita que prática existia nos séculos XV e XVI, mas não a recomenda. Além disso, a palestra não foi destinada a funcionários de creches.

O que estão dizendo?

A youtuber Regina Villela mostra em vídeo uma apostila que, segundo ela, seria utilizada para o treinamento de professores e funcionários de creches da rede pública de Fortaleza. “Isso seria ótimo se o tipo material pedagógico não afirmasse que é muito natural abraços, carícias e masturbação infantil para acalmar as crianças”, afirma ao acrescentar que a medida é típica de “um governo socialista”.

Apesar de responsabilizar o município pela suposta atitude, o texto que acompanha o vídeo apresenta um desencontro de informações ao atribuir o caso ao governo do estado.

Oxe, é Fake

É falso que a apostila mostrada no vídeo tenha sido adotada pela Prefeitura de Fortaleza para formar os professores, assim como não é verdade que o texto incentive a masturbação de crianças. O vídeo circulou em 2019 e voltou a ser compartilhado nas redes sociais em setembro de 2022. O conteúdo já foi checado por vários veículos, como g1, Estadão, Agência Lupa e Aos Fatos.

As páginas mostradas no vídeo foram, na verdade, de uma apresentação interna feita pela educadora Elisabete Cabral a formadores da Prefeitura e não a funcionários de creches. Além disso, a citação usada de forma descontextualizada pela youtuber, estava no trecho do conteúdo em que explicava historicamente as práticas comuns nos séculos XV e XVI, ou seja, não se trata de uma realidade atual e a educadora não defendeu tais práticas. A citação estava com aspas e referência do autor.

Em entrevista ao portal g1, a educadora disse que a youtuber agiu de má-fé. “Quando isso foi citado, foi dentro de um contexto histórico, quando a gente estava falando sobre a questão da criança através dos séculos. Hoje a infância é protegida. Isso mudou, antes não era assim. Hoje nós temos uma legislação”, explicou Elisabete.

A Secretaria Municipal de Educação (SME) de Fortaleza informou que à época adotou todas as medidas judiciais cabíveis, inclusive com pedido de instauração de Inquérito Policial “para apurar a autoria de crime com informações mentirosas vinculando o nome da Secretaria”.  O inquérito policial tramita em sigilo no 4º Distrito Policial.

“Não há produção e distribuição de qualquer material pedagógico sobre sexualidade infantil para as unidades de educação infantil do Município. O tema não faz parte das diretrizes curriculares da educação infantil de Fortaleza”, se posicionou a secretaria a esta checagem.

O Sindicato União dos Trabalhadores em Educação de Fortaleza também se posicionou e  emitiu uma nota de repúdio contra a atitude de Regina Villela. “A jornalista apresenta recortes, montagem produzindo uma leitura equivocada dos fatos”, menciona a nota.

Nordeste Sem Fake

O conteúdo falso foi encontrado pela robô Dandara, que monitora diariamente diversas redes sociais em busca de publicações com conteúdos potencialmente relacionados à desinformação. O trabalho tem a participação dos checadores do projeto Nordeste Sem Fake, da Agência Tatu. Mais checagens de fatos estão disponíveis no site.

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

Vídeo descontextualiza discurso de Lula sobre o Nordeste

Vídeo descontextualiza discurso de Lula sobre o Nordeste

Conteúdo também traz dados incorretos a respeito do número de beneficiários do Auxílio Brasil na região
Lula não "prendeu" águas do Cinturão das Águas

É falso que governo Lula tenha interrompido abastecimento do Cinturão das Águas do Ceará

Trecho seco do Cinturão das Águas, mostrado em vídeo compartilhado em redes sociais, nunca recebeu água, pois ainda não foi inaugurado pelo Governo do Ceará
Nao e bem assim Ciro - É impreciso dizer que o Ceará tem a melhor educação pública do país

É impreciso dizer que o Ceará tem a melhor educação pública do país

Ciro Gomes, candidato à Presidência, não especificou em debate que estado lidera ranking apenas nos anos finais do Ensino Fundamental
Fake lula transposicao - É falso: Lula não fechou comportas da Transposição do São Francisco

É falso: Lula não fechou comportas da Transposição do São Francisco

Ministério do Desenvolvimento Regional afirma que problema em trecho do canal que afeta o Ceará é de setembro de 2022