Madonna no Brasil: Nordestinos vão ao Rio de Janeiro para show de encerramento da “Celebration Tour”

Previsão de espectadores para o show é de 1,5 milhão de pessoas

Capa da matéria publicada originalmente na Agência Tatu "Madonna no Brasil: Nordestinos vão ao Rio de Janeiro para show de encerramento da “Celebration Tour”". Foto de Matthew Rettenmund/SplashNews.com
Compartilhe

A icônica cantora norte-americana, Madonna, retorna ao Brasil após mais de 10 anos sem se apresentar no país, trazendo consigo sua “Celebration Tour”. O aguardado evento acontecerá no próximo sábado (4), na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Com uma expectativa de público de 1,5 milhões de espectadores, o show promete marcar história e, claro, pessoas de todo o país irão se deslocar para prestigiar o show gratuito que encerrará a turnê mundial. 

Entre eles está a jornalista alagoana Raíssa França, que partirá de Recife em um “bate e volta” especialmente para o evento. Apesar das preocupações iniciais com logística e segurança, Raíssa decidiu não perder a oportunidade de testemunhar um momento tão aguardado.

Raíssa França compartilha uma ligação especial com a música de Madonna, especialmente com a canção “Frozen”, lançada no álbum “Ray of Light”, de 1998. Sua conexão com a cantora vai além do âmbito musical, remontando à infância, quando seu tio, que era intersexo, a introduziu ao universo de Madonna. Infelizmente, seu tio faleceu antes de poder cumprir a promessa de acompanhá-la em um show da artista.

Depoimento Raissa Franca - Madonna no Brasil: Nordestinos vão ao Rio de Janeiro para show de encerramento da “Celebration Tour”

Para Raíssa, Madonna representa não apenas um ícone da música pop, mas também um símbolo de empoderamento feminino e de luta contra o machismo. Ela destaca a coragem da cantora em abordar temas considerados tabus e em desafiar convenções sociais.

“A Madonna sempre falou sobre assuntos considerados tabus abertamente, e tem realmente essa representatividade. Ela representou não só a comunidade LGBT, mas também muitas mulheres, quando fala sobre machismo, quando se empodera e traz reflexões. Ela incomodou muita gente por ter essa personalidade forte, por não ter medo e ir em frente”, reforça a fã.

“Madonna não é apenas considerada a rainha do pop, ela é uma mulher que conseguiu trazer uma posição para todas as gerações sobre o que é ser mulher”, completou Raíssa.

Eduardo Chianca, piloto comercial de avião e professor de aviação, também não hesitou em decidir sua ida ao show. Saindo de João Pessoa, na Paraíba, Eduardo espera vivenciar um momento memorável ao lado do seu namorado, aproveitando também para explorar a cidade do Rio de Janeiro. Ele também tem a música Frozen como a preferida, mas a cantora também é conhecida por hits atemporais como Vogue, Like a Prayer e Hung Up.

Cada um tem sua música preferida da cantora, afinal, são 40 anos de carreira e 14 álbuns de estúdios lançados! Confira o possível setlist das músicas perfomadas na Celebration Tour e fique por dentro do que esperar do show:

Público esperado

Para se ter ideia da dimensão, a Prefeitura do Rio de Janeiro espera aproximadamente 1,5 milhões de pessoas na praia de Copacabana, em frente ao Hotel Copacabana Palace, local onde a cantora está hospedada, e onde foi montado o palco e toda a estrutura.

Desconsiderando Maceió, capital e município mais populoso de Alagoas, seria preciso juntar a população de 95 municípios do interior do estado, que tem 102 ao todo, para preencher o público estimado do show.

Municípios em que a população somada caberia inteiramente dentro do espaço do evento

Evento ocorre na praia de Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro

Municípios como São Miguel dos Campos, Coruripe, Taquarana e Pindoba são alguns em que a população caberia inteiramente dentro do espaço do evento gratuito.

Dados abertos

Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta:

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

Capa da matéria "Nordeste é destaque em 11 escolas de samba do Carnaval do Rio de Janeiro e São Paulo" publicada originalmente na Agência Tatu.

Nordeste é destaque em 11 escolas de samba do Carnaval do Rio de Janeiro e São Paulo

Homenagens destacarão personagens e elementos presentes na cultura regional
Ilustração com fundo amarelo e do lado esquerdo bandeiras de sao joao e uma mesa com comidas típicas em preto e branco, do lado direito três sinais de interrogação.

Quiz: veja quais fatos sobre o São João você consegue acertar

Período festivo é um dos mais aguardados do ano e é bastante celebrado no Brasil, principalmente na região Nordeste.
Capa da matéria "A cada 100 mil habitantes do Nordeste, 30 tem 100 anos ou mais" publicada originalmente na Agência Tatu.

A cada 100 mil habitantes do Nordeste, 30 tem 100 anos ou mais 

Aproximadamente metade da população da faixa +100 vive na Bahia e Maranhão
Quilombolas no Nordeste

A cada 10 quilombolas do Nordeste, apenas 1 vive em território delimitado

Censo 2022 contabilizou 905.415 quilombolas na região; estados do Nordeste concentram mais de 68%, no entanto, menos de 10% em territórios quilombolas