Mesmo com 4ª menor ocupação de UTIs do Nordeste, situação em AL exige cuidado

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Ocupação de leitos totais de Alagoas é a menor do Nordeste

Taxa de ocupação de leitos é de 72% em AL. Foto: Davi Salsa / Sesau

Por Graziela França

Com 287 das 326 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para o tratamento de pacientes graves de Covid-19 ocupadas, Alagoas atingiu 88% de ocupação de UTIs nessa terça-feira (16). Mesmo com números preocupantes, o estado possui a 4ª menor ocupação de leitos de UTI do Nordeste, ficando atrás da Paraíba (85%), Bahia(86%) e Maranhão(87,5%).

Os dados, coletados nos portais de todos os estados da região, foram analisados pela Agência Tatu e revelaram ainda que, com relação aos leitos clínicos ou de enfermaria, Alagoas possui a menor taxa de ocupação do Nordeste, com 67% de ocupação entre os 740 leitos disponíveis. Na sequência aparecem a Bahia, com 67,9% e a Paraíba, com 70%.

Em relação aos leitos totais, Alagoas é o estado nordestino com a menor ocupação, tendo uma taxa de 72%, sendo seguido pela Bahia (76,6%) e Maranhão (76,8%).

Apenas Alagoas e Piauí contam com leitos de UTI intermediária ou de estabilização, com ocupação de 36% e 55%, respectivamente.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, até amanhã (18), Alagoas ganhará mais 40 leitos de UTI, distribuídos entre a Capital e o interior. Durante coletiva de ontem (16), o governador anunciou que o estado terá 1.500 leitos exclusivos para Covid-19, mas o prazo não foi informado. Atualmente, Alagoas tem 1.113.

O secretário de saúde de Alagoas, Alexandre Ayres, fez um apelo para que a população se cuide e siga as medidas preventivas. “O momento é muito duro e a gente precisa da colaboração e da compreensão de todo o cidadão alagoano. Estamos com os casos crescendo diariamente e a ocupação hospitalar tem chegado no seu limite máximo. Então, colabore, use máscara e evite aglomerações, para que a gente possa superar esse momento com a ajuda de todos”.

Novas medidas

No fim da tarde de ontem (16), o governador de Alagoas, Renan Filho, anunciou o endurecimento das medidas de combate ao coronavírus, com retorno de todo o estado à fase vermelha do Plano de Distanciamento Social e toque de recolher das 21h às 5h.

Com o novo decreto, O centro das cidades funcionam das 9h às 17h, enquanto as lojas de rua e galerias deverão funcionar das 10h às 18h, exceto aos sábados, domingos e segundas-feiras. Já os shoppings centers abrem das 11h às 20h, com exceção dos sábados, domingos e terças.

Bares, restaurantes e afins só podem funcionar nos sistemas delivery e pegue e leve. As praias e calçadões, lagoas e rios ficarão fechadas nos finais de semana.

Academias e igrejas permanecem abertas, mas com capacidade reduzida a 30%. E salões de beleza seguem funcionando com capacidade reduzida e com agendamento. O transporte intermunicipal fica interrompido por 14 dias.

As medidas já estão valendo para o agreste e sertão do estado, Maceió e demais regiões deverão cumprir o decreto a partir da próxima sexta-feira (17).

DADOS ABERTOS | Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta:
Dados do preço médio do combustível em Maceió (2018 a 2021)

Taxa de ocupação de leitos – Covid-19

Acompanhe a evolução de óbitos e casos da Covid-19 em Alagoas na nossa plataforma, atualizada em tempo real:

Assine a nossa newsletter

Recomendadas pra você

Receba conteúdo gratuito da Tatu diretamente no seu WhatsApp.