Empreendedores surdos provam que deficiência não limita capacidade de ter a própria empresa

Reportagem especial traz histórias de três empreendedores surdos e seus negócios

Capa da matéria sobre empreendedores surdos do Nordeste. Fundo em azul com mãos, em preto e branco, fazendo os sinais em Libras formando a palavra Negócio Acessível".
Compartilhe

Empreender nem sempre é uma tarefa fácil. São muitos os desafios para quem deseja ser dono do próprio negócio. Se o empreendedor for uma pessoa com surdez, as dificuldades são ainda maiores diante do preconceito, da falta de acessibilidade e de capacitações para esses empresários. 

No entanto, existem excelentes exemplos de pessoas que optaram por não desistir diante das adversidades e se tornaram empreendedores mudando a realidade de famílias e dos lugares onde estão localizados através de seus pequenos negócios. 

No dia 24 de abril, quando a Lei sobre a Língua Brasileira de Sinais (Libras) completa 22 anos, a Agência Tatu traz, em uma reportagem especial, as histórias dos empreendedores surdos Paulo Victor, Breno Oliveira e Felipe Barros.

Acesse aqui a reportagem na íntegra

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

chuva de granizo no nordeste

Chuva de granizo já surpreendeu 90 municípios do Nordeste em 5 anos

Somente nos últimos 15 dias de 2023, 17 cidades da região vivenciaram o fenômeno
Capa da matéria "Nordeste arrecadou mais de 344 bilhões em impostos em 2023" publicada originalmente na Agência Tatu. Fundo azul escuro, com um mapa do Nordeste em laranja e os números "344" destacados em cima de placas lado-a-lado.

Nordeste arrecadou mais de 344 bilhões em impostos em 2023

Arrecadação nordestina representa 10,35% da arrecadação total do país
hanseníase no nordeste

Nordeste é a região que menos reduziu casos de hanseníase no Brasil

Dados do Ministério da Saúde mostram redução de 33,1% de casos de hanseníase entre 2013 e 2022
Capa da matéria "23% das negociações realizadas pelo programa Desenrola Brasil foram no Nordeste" publicada originalmente na Agência Tatu.

23% das negociações realizadas pelo Desenrola Brasil foram no Nordeste

Iniciativa do Governo Federal, programa renegociou débitos de até R$ 20 mil