Para atrair consumidores, postos de gasolina oferecem descontos que não existem

Estabelecimentos anunciam um valor de combustível que só é válido em aplicativo ou como cashback

posto murilopolis3 scaled - Para atrair consumidores, postos de gasolina oferecem descontos que não existem
Compartilhe

Ao transitar por Maceió, é possível identificar que diversos postos de combustível anunciam preços inferiores à média. No entanto, ao abastecer o veículo, o consumidor verifica que os valores para pagamento à vista são superiores aos apresentados nas grandes placas dos postos de combustível.

Nos postos da bandeira BR,  o suposto desconto, na verdade, é um cálculo considerando o cashback – dinheiro de volta após alguns dias – quando a compra é realizada dentro de um determinado aplicativo. Já nos postos de bandeira Ipiranga, os preços anunciados consideram o maior desconto possível a ser obtido no app da marca. Mas, ainda assim, o cliente nem sempre obtém um retorno equivalente ao valor anunciado nas propagandas.

Nesta segunda-feira (22), o preço médio da gasolina está em R$5,24 nas bombas da capital, chegando a custar R$5,79 em alguns postos da cidade. O maior valor já identificado em toda a série histórica, de acordo com dados do Litrômetro, ferramenta criada pela Agência Tatu em 2018, no período da Greve dos Caminhoneiros. Confira.

De acordo com Daniel Sampaio, diretor-presidente do Procon/AL, os postos de combustível só podem anunciar os valores com desconto por meio de aplicativo se o material publicitário estiver ao lado da placa, com os preços convencionais e com a fonte de texto de mesmo tamanho. Entretanto, não é isso que se verifica na prática. Veja as imagens:

Sampaio alerta ainda que os consumidores sempre podem recorrer ao órgão. “Caso o consumidor se sinta lesado ou enganado, o Procon Alagoas está de portas abertas para evitar possíveis fraudes na hora da compra. Ele pode acionar o órgão por meio do 151, pelo WhatsApp 98876-8297, ou pode agendar o atendimento presencial”, reitera.

O OUTRO LADO

Em nota, a BR DISTRIBUIDORA informou que sua parceria com o aplicativo AME tem como benefício ao consumidor um cashback dentro do app, mas que não se trata de desconto. Diz ainda que tem reforçado a orientação para que os postos da bandeira continuem seguindo o padrão das peças e demais materiais de divulgação disponibilizados nos canais de relacionamento da empresa, para garantir que a informação chegue para o consumidor final de maneira clara.

A bandeira Ipiranga informou, também em nota, que está atenta à correta comunicação dos preços através de seu aplicativo e diz que orienta os revendedores para o uso adequado do material publicitário, que está disponível no Portal Rede Ipiranga. A empresa ressaltou ainda que, em contato com Procons de diversos estados do país, os órgãos entenderam sua publicidade como legítima e que entraria em contato com a superintendência local para esclarecer eventuais dúvidas.

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

Braskem muda paisagem de bairro em Maceió

Veja como Braskem alterou paisagem em bairro de Maceió desde 2018

Uma das minas da empresa entrou em colapso nesse domingo (10), em decorrência da extração de sal-gema realizada pela mineradora; Braskem afirma ser a atual proprietária do que um dia foram espaços públicos
refeição fora de casa

Trabalhador do Nordeste compromete 72% de salário mínimo com refeição fora de casa

Nordeste tem a segunda refeição fora de casa mais cara do país
chuva de granizo no nordeste

Chuva de granizo já surpreendeu 90 municípios do Nordeste em 5 anos

Somente nos últimos 15 dias de 2023, 17 cidades da região vivenciaram o fenômeno
mina subterrânea da Braskem ameaça afundar em Maceió após novos tremores

Caso Braskem: mina subterrânea ameaça afundar em Maceió após novos tremores

Mineradora é responsável pelo crime ambiental registrado na cidade