Perfil dos candidatos ao Enem 2022: mulheres jovens e negras são maioria no Nordeste

Somente Ceará e Pernambuco apresentam alguma diferença em relação ao perfil traçado; idade, sexo e cor/raça estão entre as características analisadas

Capa da matéria "Perfil dos candidatos ao Enem 2022: mulheres jovens e negras são maioria no Nordeste". Ilustração digital com uma mulher jovem, negra e vestindo roupa casual e usando mochila. No fundo de cor laranja, há um desenho do mapa do Nordeste e os dizeres "enem 2022" em cima de uma caixa preta de texto.
Compartilhe

Pessoas autodeclaradas pretas, do sexo feminino entre os 21 e 30 anos representam o perfil dos candidatos do Nordeste no Enem de 2022. Ao total, 1.193.535 inscrições foram feitas na região entre as duas modalidades de prova, digital e impressa.

A Agência Tatu coletou os dados disponibilizados pelo INEP e traçou o perfil das pessoas que se inscreveram para a prova do Enem. O 1º dia de prova já passou, foi no último domingo (13), o 2º dia de prova será no próximo domingo (20).

São 642.900 pessoas autodeclaradas pretas, isso corresponde a 53,8% dos candidatos da região. Após as pessoas pretas, a maior parcela é a de brancos, com 321.805 inscritos. 

Outro campo que define bem o perfil é o de gênero, já que 723.234 dos candidatos são do sexo feminino, ou seja, 60,6% do total de inscritos. Enquanto 470.301 pessoas são do sexo masculino.

No recorte etário, pessoas entre 21 e 30 anos são a maioria dos candidatos ao enem este ano. As pessoas com idade igual a 18 anos também são bastante participativas nas provas.

No Enem de 2021, 1.384.676 pessoas se inscreveram para realizar a prova anual. Houve uma redução de 13,80% no número de inscritos no Enem deste ano.

Quantidade de candidatos por gênero no Enem 2022

Quantidade de candidatos por raça/cor no Enem 2022

Quantidade de candidatos por idade no Enem 2022

Perfil dos candidatos ao Enem em Alagoas

Dos 62.723 candidatos em Alagoas, 61.513 farão a prova impressa do Enem e somente 1.210 a digital. Destes, há 38.188 mulheres inscritas, 34.271 são pretos e 17.464 estão entre os 21 e 30 anos.

Perfil dos candidatos ao Enem na Bahia

Sendo o estado mais populoso do Nordeste, a Bahia tem 260.311 inscritos para a prova do Enem. Destes, 258.355 realizarão a prova impressa e apenas 1.956 a digital. São 168.249 pessoas do sexo feminino, 125.776 candidatos autodeclarados pretos e a maioria continua entre 21 e 30 com 72.402 inscritos.

Perfil dos candidatos ao Enem no Ceará

Com um total de 224.113, o Ceará tem 221.990 inscritos para prova impressa e somente 2.123 na digital. Há 124.714 mulheres candidatas, sendo 137.619 pessoas negras e 75.300 pessoas inscritas com exatamente 18 anos de idade, tornando o Ceará um dos poucos estados que foge parcialmente do perfil.

Perfil dos candidatos ao Enem no Maranhão

São 130.942 inscritos, 129.922 para a prova impressa e 1.020 para a digital com 81.314 mulheres inscritas, 80.497 pessoas autodeclaradas pretas e 31.770 com idade entre 21 e 30, porém, o número de inscritos com idade igual a 18 é de 31.448, ficando bem próximo do perfil analisado no Nordeste.

Perfil dos candidatos ao Enem na Paraíba

A Paraíba tem somente 101.483 inscritos, sendo 99.220 para o impresso e 2.263 para o digital, e este é o estado com mais optantes pela prova digital. Foram 60.381 mulheres inscritas, 52.016 candidatos se autodeclaram pretos e 27.372 dos participantes totais estão entre 21 e 30 anos; com bem pouco a menos, foram 20.333 pessoas com idade igual a 18 anos.

Perfil dos candidatos ao Enem em Pernambuco

Com 186.837 inscritos, 184.860 vão realizar a prova impressa e 1.977 vão fazer a digital. São 113.314 mulheres e 91.793 pessoas pretas inscritas. Quanto a idade dos candidatos, 46.578 tem idade igual a 18 anos, enquanto 42.912 tem entre 21 e 30 anos.

Perfil dos candidatos ao Enem no Piauí

O Piauí tem 83.308 inscritos no Enem de 2022, em que 82.362 optaram pela prova impressa e somente 946 pela prova digital. Sem fugir ao perfil do Nordeste, há 50.644 mulheres inscritas, 48.947 candidatos autodeclarados pretos e 21.677 estão entre os 21 e 30 anos.

Perfil dos candidatos ao Enem no Rio Grande do Norte

Dos 86.422 inscritos no Enem de 2022, 84.966 farão o Enem impresso e 1.456 o digital. Também dentro do perfil, 51.061 pessoas do sexo feminino, 40.262 são negros e 28.159 inscritos tem entre 21 e 30 anos.

Perfil dos candidatos ao Enem em Sergipe

Com somente 57.396 pessoas, Sergipe tem a menor quantidade de inscritos; 56.470 no Enem impresso e somente 926 no Enem Digital. Entretanto, o estado também segue o perfil apanhado do Nordeste. São 35.369 mulheres, 31.719 candidatos negros e 15.599 pessoas entre 21 e 30 anos.

Dados abertos

Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta:

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

Capa da matéria sobre Mulheres concluintes dos cursos de graduação. Imagem com fundo transparente em tom lilás e duas mulheres negras sorrindo com chapéus de formandas.

Mulheres são mais de 60% dos concluintes dos cursos de graduação no Brasil

População feminina que possui ensino superior completo aumentou de 14% para 21,3% nos últimos 10 anos; proporção reduziu em cursos de tecnologia e exatas
Capa da matéria sobre empreendedores surdos do Nordeste. Fundo em azul com mãos, em preto e branco, fazendo os sinais em Libras formando a palavra Negócio Acessível".

Empreendedores surdos provam que deficiência não limita capacidade de ter a própria empresa

Reportagem especial traz histórias de três empreendedores surdos e seus negócios
Capa da matéria sobre violência em ambiente escolar.

Combate à violência em ambiente escolar ganha força com nova lei

Legislação surgiu como forma de conter ataques em escolas; 2023 foi o ano com maior quantidade de casos nos últimos 22 anos
Ilustração com fundo laranja e o mapa de alagoas ao fundo e uma colagens de cadeiras de escola com um ventilador de teto em cima.

Emergência climática: a cada 10 escolas públicas em AL, 6 não têm climatização

Belém, São Brás e Taquarana são as cidades que menos possuem climatização em sala de aula