Rio Grande do Norte e Pernambuco lideram andamento do Censo 2022

Nordeste tem os maiores índices de recenseados pelo IBGE deste ano

Materia IBGE - Rio Grande do Norte e Pernambuco lideram andamento do Censo 2022
Compartilhe

O primeiro mês do Censo 2022 do IBGE mostra que o Nordeste apresenta o melhor desempenho na coleta de dados. O Rio Grande do Norte e Pernambuco são os estados em que os trabalhos dos recenseadores estão mais avançados. Além disso, dos dez estados que lideram o ranking da conclusão de entrevistas, sete são do Nordeste. 

De acordo com informações coletadas pela Agência Tatu junto ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Rio Grande do Norte e Pernambuco lideram nacionalmente o andamento do Censo, considerando o percentual de setores trabalhados, como o número de entrevistas concluídas e as já iniciadas pelos recenseadores em determinada região. Neste ranking divulgado na terça-feira (30), os estados apresentavam, respectivamente, 53% e 52,45% no progresso de trabalho.  

O balanço divulgado mostra que os recenseadores entrevistaram 58.291.842 pessoas, em 20.290.359 domicílios no país. Desse total, mais de 36% foram do Nordeste. Nesta quinta-feira (1º), o site com os dados atualizados diariamente registrou 63.400.910 pessoas recenseadas.

Nordeste em destaque

Quando se leva em consideração a conclusão de entrevista, primeira etapa do Censo, o Nordeste também se destaca. Proporcionalmente, o Ceará lidera com 14,5% da coleta de dados concluída. Na sequência aparecem Piauí (13,5%) e Sergipe (12%). Dos dez estados que lideram o ranking da conclusão de entrevistas, sete são do Nordeste. 

Desafios do Censo 

Cerca de 200 mil recenseadores estão em quase 90 milhões de endereços nos 5.570 municípios do Brasil. Um deles é Welligton Ferreira, responsável por realizar as entrevistas em assentamentos na zona rural de Santana do Mundaú, município de Alagoas que fica a 100 km de Maceió. O recenseador relata que as principais dificuldades são o acesso, tendo em vista o tempo chuvoso, e a desconfiança por parte de alguns moradores.

“Tem localidade que a gente circula com muita dificuldade, a ponto de andar vários trechos a pé, pois não passa carro nem moto por causa da lama e buracos. Além disso, algumas pessoas ficam um pouco receosas de me receber, mas como já fiz o Censo Agro em 2021 e sou daqui mesmo do município, então basta uma rápida conversa para que eles se sintam mais a vontade”, detalha Ferreira. 

Welligton Ferreira - Rio Grande do Norte e Pernambuco lideram andamento do Censo 2022

Welligton Ferreira realiza entrevistas na zona rural do interior de AL

O IBGE garante que o andamento do Censo segue dentro da normalidade e apresenta uma realidade que já era prevista. “A produtividade individual dos recenseadores está dentro do esperado. Os setores estão sendo trabalhados no tempo adequado e os sistemas de coleta, acompanhamento e transmissão estão funcionando bem, assim como os equipamentos”, declara o gerente técnico nacional do Censo, Luciano Duarte.

O Censo iniciou no dia 1º de agosto em todo país com o objetivo de contar os habitantes do território nacional, identificar suas características e revelar como vivem os brasileiros.

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

refeição fora de casa

Trabalhador do Nordeste compromete 72% de salário mínimo com refeição fora de casa

Nordeste tem a segunda refeição fora de casa mais cara do país
chuva de granizo no nordeste

Chuva de granizo já surpreendeu 90 municípios do Nordeste em 5 anos

Somente nos últimos 15 dias de 2023, 17 cidades da região vivenciaram o fenômeno
mina subterrânea da Braskem ameaça afundar em Maceió após novos tremores

Caso Braskem: mina subterrânea ameaça afundar em Maceió após novos tremores

Mineradora é responsável pelo crime ambiental registrado na cidade
Braskem muda paisagem de bairro em Maceió

Veja como Braskem alterou paisagem em bairro de Maceió desde 2018

Uma das minas da empresa entrou em colapso nesse domingo (10), em decorrência da extração de sal-gema realizada pela mineradora; Braskem afirma ser a atual proprietária do que um dia foram espaços públicos