Silvio Mendes (União Brasil) erra ao afirmar que Piauí já foi a quarta maior economia do país

A informação falsa foi dita pelo candidato ao governo durante debate exibido pela TV Clube, afiliada da Globo no Piauí, em 27 de setembro.

Candidato ao governo do Piauí, Silvio Mendes, durante debate. Foto apresenta selo "Oxe, é fake" por cima da imagem.
Compartilhe

O Piauí não ocupou a quarta posição entre as maiores economias do Brasil em anos anteriores. A desinformação foi dita por Sílvio Mendes (União Brasil), candidato ao governo do Piauí, durante debate na TV Clube, afiliada da Globo no estado. Ela é falsa.

O que estão dizendo?

No início do debate promovido pela TV Clube em 27 de setembro de 2022, entre os candidatos ao governo do Piauí, o candidato Sílvio Mendes (União Brasil) direcionou  a Gessy Lima (PSC) o questionamento sobre propostas voltadas ao desenvolvimento econômico. Em sua fala, o candidato comete um equívoco ao afirmar que o Piauí já foi a quarta economia do Brasil e que hoje, o estado ocupa o fim da fila.

Confira a pergunta na íntegra:

“Candidata Gessy, o Piauí já foi a quarta maior economia do Brasil, atrás de São Paulo, Rio, Minas, a quarta economia era o Piauí. Foi. E hoje ocupa o fim da fila. Lhe pergunto: para desenvolver o Piauí, caso seja eleita governadora, o que ser feito?”

Em resposta, Gessy Lima (PSC) afirmou que o desenvolvimento econômico é a base do sucesso de uma gestão e pontuou que as altas cargas tributárias são um dos fatores que impedem que o Piauí desenvolva sua economia. Complementando a resposta com propostas para essa área.

Oxe, é Fake

Em quase duas décadas, a economia do Piauí sempre representou parcela inferior a 1% da economia brasileira.  O estado sempre ocupou as últimas posições do ranking dos estados brasileiros entre os anos de 2002 e 2019, o ranking das quatro maiores economias do Brasil foi ocupado majoritariamente por São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), levantados pela equipe do Nordeste Sem Fake.

Para montar o ranking das economias dos estados brasileiros, analisamos os dados do Produto Interno Bruto (PIB), que podem ser acessados por meio da Plataforma Sidra, do IBGE. Os dados do PIB permitem identificar as áreas de geração de renda, produzindo informações que captam as especificidades do país. No filtro de análise, consideramos o período de 2002 à 2019, bem como dados do PIB em valores correntes e em porcentagem referentes à participação do PIB de cada estado no Brasil.

O PIB do Piauí, em valor corrente, responde no último registro, referente à 2019, por R$ 52.780 milhões e no primeiro ano registrado pelo IBGE, 2002, o estado respondia por R$ 7.122 milhões. Entre esses anos, o estado se manteve entre as posições 21 e 23. Enquanto que a participação do PIB do Piauí no Brasil ao longo desses anos variou entre 0,5% e 0,7%, com porcentagem igual nos anos de 2014 (0,7%) com Alagoas e Sergipe e 2017 (0,7%) com Rondônia). Confira abaixo as informações completas correspondentes ao Piauí:

 

Em relação ao ranking das quatro maiores economias, durante o período analisado, os mesmos estados se mantiveram no topo, sendo respectivamente, São Paulo (1º lugar), Rio de Janeiro (2º lugar), Minas Gerais (3º lugar) e Rio Grande do Sul (4º lugar), com exceção do ano de 2013, em que o Paraná ocupou o 4º lugar e de 2017 em que o Paraná obteve a mesma porcentagem do PIB que o Rio Grande do Sul. Confira abaixo as informações do ranking dos quatro estados com a maior economia do Brasil nos últimos anos:

 

 

A informação, portanto, de que o Piauí já teria ocupado a quarta posição entre as maiores economias do país, é falsa.

Confira os dados completos referente ao PIB dos estados no período analisado:

 

Nordeste Sem Fake

O conteúdo falso foi encontrado pela robô Dandara, que monitora diariamente diversas redes sociais em busca de publicações com conteúdos potencialmente relacionados à desinformação. O trabalho tem a participação dos checadores do projeto Nordeste Sem Fake, da Agência Tatu. Mais checagens de fatos estão disponíveis no site.

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

doacao - O que se sabe sobre multas e restrições a caminhões com doações para o RS

O que se sabe sobre multas e restrições a caminhões com doações para o RS

Confira as afirmações e esclarecimentos sobre a circulação de caminhões em direção ao RS
Captura de tela 2024 05 10 084352 1 - É falso que Exército enviou apenas 3 helicópteros para resgate das vítimas das enchentes no RS

É falso que Exército enviou apenas 3 helicópteros para resgate das vítimas das enchentes no RS

Coordenação das aeronaves utilizadas nos resgates cabe à Força Aérea Brasileira (FAB)
Vídeo descontextualiza discurso de Lula sobre o Nordeste

Vídeo descontextualiza discurso de Lula sobre o Nordeste

Conteúdo também traz dados incorretos a respeito do número de beneficiários do Auxílio Brasil na região
É fake: hospital no Piauí não deixou de atender grávida por posicionamento político | recorte de vídeo com a mulher grávida citada; seu rosto não aparece

É fake: hospital no Piauí não deixou de atender grávida por posicionamento político

Caso teria acontecido em Canto do Buriti, cidade localizada a 409 km de Teresina, capital do estado