Urnas com zero votos: saiba onde Lula ou Bolsonaro não tiveram nenhum eleitor

Candidato do PL teve zero voto em 143 seções eleitorais; já o do PT teve zero voto em 4 seções no segundo turno

voto zero - Urnas com zero votos: saiba onde Lula ou Bolsonaro não tiveram nenhum eleitor
Compartilhe

As eleições presidenciais de 2022 contaram com 472.075 seções eleitorais distribuídas em todo o Brasil e também nas representações diplomáticas do Brasil no exterior.

Mesmo diante de um resultado bastante apertado no segundo turno, quando considerados todos os votos para as eleições presidenciais, 147 seções eleitorais foram unânimes para Lula (PT) ou Jair Bolsonaro(PL), ou seja, um dos dois candidatos levou todos os votos válidos, fazendo com que o opositor não tivesse qualquer voto naquela seção.

Enquanto Lula obteve 100% dos votos válidos em 143 urnas, Bolsonaro conseguiu o feito em apenas quatro seções. É o que mostram os dados levantados pela Agência Tatu a partir de dados abertos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

As 147 seções onde um dos dois candidatos teve votação zero registraram apenas 17.166 votos totais, incluindo brancos e nulos.

MAPA DAS SEÇÕES COM ZERO VOTOS

CIDADES COM ZERO VOTOS

Embora nenhum candidato tenha obtido 100% dos votos em qualquer cidade brasileira, em três cidades estrangeiras isso aconteceu. Lula conquistou todos os cinco votos registrados na cidade de Puerto Iguazú, na Argentina. O presidente eleito também obteve 100% dos 32 votos na cidade de Havana, Cuba.

Bolsonaro obteve 100% dos seis votos registrados nas seções eleitorais destinadas a Caracas, na Venezuela. De acordo com a assessoria de comunicação do TRE-DF (Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal), responsável pela votação no exterior, as seções eleitorais da Venezuela foram transferidas para a capital da Colômbia. Deste modo, os eleitores brasileiros de Caracas tiveram que votar em Bogotá.

Dados abertos

Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta:

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

Capa_matéria_Sem vagas, cemitérios de Maceió enterram 80% dos mortos em cova rasa

Sem vagas, cemitérios de Maceió enterram 80% dos mortos em cova rasa 

Interdição do cemitério Santo Antônio devido ao afundamento de solo causado pela mineradora Braskem agravou a situação funerária
Fotomontagem com cartão de crédito escrito Cartão da Presidência - CAPA - Bolsonaro-gastou-mais-de-R4-milhoes-no-cartao-corporativo

Em visitas ao Nordeste, Bolsonaro gastou mais de R$4 milhões no cartão corporativo

Valores se referem aos gastos do cartão corporativo da Presidência da República; a maior parte dos gastos são de alimentação e hospedagem.
Capa Braskem - Exclusivo: Braskem já bancou campanhas de governadores, senadores e outros políticos de Alagoas

Exclusivo: Braskem já bancou campanhas de governadores, senadores e outros políticos de Alagoas

Entre 2004 e 2014 a petroquímica doou quase R$ 3 milhões a dezenas de candidatos alagoanos
atentados - Autoridades nordestinas repudiam atentados em Brasília

Autoridades nordestinas repudiam atentados em Brasília

Governadores, prefeitos e parlamentares do Nordeste se manifestaram sobre os atentados criminosos contra as instituições em Brasília.