Após vacinação, AL reduz mortes de idosos por covid-19 em 72%

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Dados apontam grande redução quando comparados óbitos de março e julho de 2021

Foto: Mufid Majnun / Unsplash

Mariane Rambo*

Com o avanço da vacinação, o mês de julho apresentou uma redução de 72% na morte de pessoas com 60 anos ou mais por complicações do coronavírus em Alagoas. É o que apontam os dados da Secretaria Estadual de Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), analisados pela Agência Tatu.

A comparação foi feita levando em consideração o mês de março de 2021, que registrou 488 mortes de idosos, o 3º maior índice de toda a pandemia e o maior deste ano. Já no mês de julho foram registrados 97 óbitos de pessoas nesta faixa etária, o 5º menor número desde o início da pandemia e o menor deste ano. O indíce de julho também é o menor desde novembro de 2020, quando houve 68 mortes pela doença. 

A vacinação em Alagoas começou em 19 de janeiro de 2021 e, até essa sexta-feira (20), foram aplicadas 2.294.315 doses de vacinas contra o covid-19. Ao total são 706.363 pessoas imunizadas com a segunda dose. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), por meio do Programa Nacional de Imunização em Alagoas (PNI/AL).

Segundo o infectologista Fernando Maia, a vacinação é responsável pela redução dos casos graves e óbitos por covid-19. “A vacinação é a grande arma que a ciência dispõe para o enfrentamento desta pandemia”, complementa Maia. 

Vale relembrar que a primeira morte no estado foi confirmada em 31 de março de 2020, mês que teve o menor índice de óbitos, com dois casos registrados. Os meses de setembro e outubro de 2020 também foram períodos com números baixos de óbitos desse público, apresentando, respectivamente, 54 e 46 registros. 

*Estagiária sob supervisão da editoria

DADOS ABERTOS | Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta:

Acompanhe a evolução de óbitos e casos da Covid-19 em Alagoas na nossa plataforma, atualizada em tempo real:

Assine a nossa newsletter

Recomendadas pra você

Receba conteúdo gratuito da Tatu diretamente no seu WhatsApp.