Homens, brancos e graduados: veja o perfil dos candidatos aos governos do Nordeste

Redução de mulheres e pretos e estabilidade de brancos

capa ilustrativa de discurso com plateia - perfil dos candidatos aos governos do nordeste
Compartilhe

Com a proximidade das eleições de 2022, a Agência Tatu analisou o perfil dos candidatos ao governo em todos os estados do Nordeste. Conforme os dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a maioria dos candidatos são homens, brancos e graduados.

No pleito deste ano, foram cadastrados 74 candidatos para o cargo de governador entre todo o Nordeste, sendo sete em Alagoas, seis na Bahia, seis no Ceará, nove no Maranhão, oito na Paraíba, 11 em Pernambuco, nove no Piauí, nove no Rio Grande do Norte e nove em Sergipe. São 5 candidatos a mais que os 69 das eleições de 2018.

Disparidade de gênero

De todos os candidatos aos governos do Nordeste, somente 12 são do sexo feminino, o que representa 16,2% do total. O número teve redução na comparação com a eleição de 2018, quando havia 13 candidatas aos governos dos estados, representando 18,8% do total de candidaturas em toda a região.

Alagoas e Ceará foram os únicos estados que não tiveram nenhuma candidata nos dois anos de eleições. Já Paraíba e Sergipe permaneceram com apenas uma candidata nas duas eleições e Pernambuco teve três candidatas em ambas. Na Bahia teve uma candidata em 2018 e Maranhão teve duas candidatas, já em 2022 os dois estados não apresentaram nenhuma mulher concorrendo ao cargo do executivo estadual.

Piauí e Rio Grande do Norte foram os únicos estados do Nordeste que tiveram aumento das candidaturas femininas ao governo. Enquanto o Piauí teve três candidatas em 2018 e quatro em 2022, o Rio Grande do Norte teve duas em 2018 e três em 2022.

Raça e cor dos candidatos

Em 2022 houve um aumento na quantidade de candidatos autodeclarados pardos, redução dos pretos e estabilidade dos brancos e indígenas, em comparação com as eleições de 2018.

Nas eleições passadas 34 candidatos se declararam brancos, representando 49% do total. Já em 2022 o número foi de 35, fazendo com que o percentual se mantivesse estável. O número de pessoas que se autodeclararam pardas foi o único que teve um aumento entre os anos, totalizando 23 candidatos em 2018 (33%) e 29 em 2022 (39%).

Os candidatos autodeclarados pretos somavam 11 pessoas em 2018, sendo 16% do número total. Em 2022, o número caiu para nove candidatos, representando 12% do total. Os indígenas permaneceram com apenas um candidato nos dois anos (1%).

Grau de instrução e profissão  dos candidatos

Tanto nas eleições de 2018 quanto nas de 2022, a maioria dos candidatos inscritos para o cargo de governador nos estados do Nordeste declarou possuir ensino superior completo. O grau de instrução que se destaca em seguida é o ensino médio completo e, depois, o ensino superior incompleto.

Quanto à ocupação principal dos candidatos, a que mais se destaca nas eleições 2022 é a de advogado (11). Logo em seguida, estão as profissões de senador (6), empresário (6), professor de ensino superior (5), médico (4) e deputado (4).

Nas eleições de 2018 a profissão de advogado já era a maioria entre os candidatos (10). Outras ocupações que se destacaram naquele ano foram as de governador (7), professor de ensino fundamental (4) e superior (4).

Dados abertos

Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta:

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

Capa da matéria "Lula venceu em 98,9% dos municípios do Nordeste, no 2º turno". Ilustração digital com fundo vermelho contendo mapa do nordeste, no primeiro plano tem uma imagem do Lula apertando mãos de pessoas.

Lula venceu em 98,9% dos municípios do Nordeste, no 2º turno

Candidato do PT também foi o mais votado na maioria dos municípios brasileiros
capa candidatos eleitos governador - Eleições 2022: Confira os governadores eleitos no Nordeste no 2º turno

Eleições 2022: Confira os governadores eleitos no Nordeste no 2º turno

Veja ainda dados de abstenção e presidente mais votado em cada um dos estados nordestinos
Capa: presos podem votar? Ilustração com urna eletrônica e pessoa algemada

Presos podem votar no Brasil?

No Brasil o voto de pessoas privadas de liberdade é permitido apenas aos presos provisórios e adolescentes custodiados; Menos de 7% dos presos provisórios brasileiros estão aptos a votar nas Eleições 2022
Capa da matéria "Eleições 2022: o que é a democracia e quais regimes políticos já passaram pelo Brasil". Ilustração digital que traz um fundo azul, várias mãos para o alto e alguns balões de dialógo logo acima.

Eleições 2022: o que é a democracia e quais regimes políticos já passaram pelo Brasil

Democracia tem sido elemento central no debate eleitoral de 2022