Prioridade na vacinação, maioria dos idosos residentes em abrigos de Maceió já teve Covid-19

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Primeira etapa prevê imunização de todo esse grupo na capital 

Foto: José Leomar

Por Agência Tatu

Após receber mais de 12 mil doses da Coronavac, Maceió iniciou a imunização esta semana. No entanto, como a quantidade de vacinas recebidas não foi suficiente para a toda a primeira fase do Plano Municipal de Imunização, a vacinação foi dividida em etapas que priorizam os profissionais de saúde da linha de frente de combate à Covid-19 e idosos das Instituições de Longa Permanência (ILPIs) da Capital.

Este público é considerado prioritário pelo potencial de contaminação que possui. Nas 18 ILPIs registradas e acompanhadas pela Secretaria de Saúde de Maceió, devem ser imunizados 527 idosos. Deste total, 302 já contraíram Covid-19, ou seja, 57,3%, conforme dados coletados pela Agência Tatu. Deste número de idosos acolhidos nestes locais, dez faleceram por complicações da doença.

De acordo com Taíse Ribeiro, responsável pela comissão instituída pela SMS para enfrentamento da Covid-19 nos abrigos, desde o início da pandemia foi visto a vulnerabilidade deste público e pensado em como diminuir o agravamento e mortes dos usuários pelo novo coronavírus.

“Iniciamos no mês de abril, formando uma comissão para enfrentamento da Covid-19 nas Ilpis, integrando diversas áreas da saúde, como vigilância, assistência e laboratórios, com uma equipe multidisciplinar, onde acompanhávamos os casos sintomáticos, realizando visita médica, investigação do caso e do óbito, além de atendimento por diversos profissionais, como enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionista”, explicou.

Ainda segundo Taíse, neste período foram testados todos os funcionários e idosos das instituições, além da realização de exames laboratoriais e de imagem nos idosos, o que ajudou a evitar o agravamento dos casos e promoveu a ida precoce aos serviços de saúde.

DADOS ABERTOS | Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta:
– Idosos das ILPIs de Maceió

Acompanhe a evolução de óbitos e casos da Covid-19 em Alagoas na nossa plataforma, atualizada em tempo real:

Assine a nossa newsletter

Recomendadas pra você

Receba conteúdo gratuito da Tatu diretamente no seu WhatsApp.