32% das jogadoras do Brasil na Copa do Mundo Feminina são nordestinas; confira o perfil

Dados mostram que a faixa de idade mais comum na equipe é entre 21 e 24 anos e 25 a 30 anos

Capas Tatu 6 1 1 - 32% das jogadoras do Brasil na Copa do Mundo Feminina são nordestinas; confira o perfil
Compartilhe

Com grandes expectativas, a Seleção Brasileira de futebol disputa nos próximos dias a Copa do Mundo Feminina da FIFA 2023, que está em sua nona edição e inicia nesta quinta-feira (20). Buscando a primeira vitória do mundial, 26 jogadoras foram convocadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para representar o Brasil e 32% delas são de estados da região Nordeste.

A Agência Tatu analisou o perfil das jogadoras da seleção brasileira convocadas para a Copa do Mundo e, enquanto oito são nordestinas, 12 (48%) delas são da região Sudeste. Da região Norte não há sequer uma jogadora na seleção. Entre as jogadoras aparece ainda a jogadora Angelina, que nasceu nos Estados Unidos mas se mudou para o Brasil muito cedo, aos dois anos de idade.

Número de jogadoras convocadas para a Copa do Mundo Feminina 2023 por região

Jogadoras que nasceram na região Centro-oeste somam 12% e na região Sul são 8%.

Quanto à idade, a faixa etária mais comum na equipe é entre 21 e 24 anos e 25 a 30 anos, representando 34,6% cada faixa. Já as jogadoras que possuem entre 18 e 20 anos são apenas duas (7%): a atacante Aline, de 18 anos, e a zagueira Lauren, de 20 anos.

Outra faixa etária menos comum são das jogadoras que possuem 36 anos ou mais, também somando duas (7%) no total, sendo elas a zagueira Mônica, de 36 anos, e a atacante Marta, de 37 anos, alagoana que já foi eleita pela FIFA a melhor jogadora do mundo por seis vezes.

Idade das jogadoras da seleção brasileira de futebol

Cinco jogadoras do time possuem 23 anos, sendo a idade com mais repetições

Entre as convocadas, 14 farão a estreia em Copas do Mundo e 12 são veteranas. Marta é também a jogadora que mais participou do mundial, com seis repetições, seguida pela goleira Bárbara, que estará na sua quinta edição.

Infográfico com o título "Número de participação em copas de cada jogadora" e subtítulo " Dados contam também com esta Copa do Mundo Feminina de 2023." Imagens das jogadoras convocadas abaixo e uma bola de futebol ao lado indicando a quantidade de vezes em cada uma participou de copas.

Outros dados sobre o mundial

A primeira edição da Copa do Mundo Feminina da FIFA foi em 1991 e já foram realizadas oito vezes. O torneio ocorre a cada quatro anos, sempre um ano após o mundial masculino. O mais próximo que a seleção brasileira chegou de vencer o mundial foi em 2007, quando disputou a final contra a Alemanha, mas acabou ficando com o título de vice-campeã.

O país que mais venceu a Copa do Mundo Feminina foi os Estados Unidos, com quatro vitórias (1991, 1999, 2015 e 2019), em seguida, a Alemanha aparece com duas vitórias (2003 e 2007), e a Noruega e Japão com uma vitória, cada (1995 e 2011, respectivamente).

No Google Trends é possível observar que entre os cinco locais do Brasil que mais registraram interesse no assunto, nos últimos sete dias, quatro são estados da região Nordeste, com o Distrito Federal em 1º lugar nas pesquisas, seguido pela Paraíba, Rio Grande do Norte, Sergipe e Ceará.

Made with Flourish
A estreia do Brasil na Copa do Mundo Feminina 2023 será no dia 24 de julho, às 8h, contra o Panamá. Na sequência do Grupo F, a seleção jogará contra a França, no dia 29 de julho, às 7h, e fecha a participação na primeira fase do mundial com a partida contra a Jamaica, no dia 2 de agosto, às 7h.
Dados abertos

Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta:

Encontrou algum erro? Nos informe por aqui.

Recomendado para você

futebol antigo no chao de concreto 24076 477 - Clubes de Alagoas devem mais de R$ 13 milhões à União

Clubes de Alagoas devem mais de R$ 13 milhões à União

ASA, CSA e Murici figuram a lista de endividados
ef18f8a8 gettyimages 1331282044 - Olimpíadas de Tóquio: atletas e esportes mais buscados no Google, em AL

Olimpíadas de Tóquio: atletas e esportes mais buscados no Google, em AL

Ferramenta de pesquisa mostra interesse dos alagoanos durante os Jogos
copa do mundo dados agencia tatu 01 - Veja dados e curiosidades das seleções e jogadores nas Copas do Mundo

Veja dados e curiosidades das seleções e jogadores nas Copas do Mundo

Reportagem traz análises exclusivos sobre os mundiais desde a primeira edição, em 1930
CRB x CSA 1 - Pelo quinto ano consecutivo, CRB e CSA decidem o Campeonato Alagoano

Pelo quinto ano consecutivo, CRB e CSA decidem o Campeonato Alagoano

Entre 2016 e 2020, o Galo conquistou três vezes o título do estadual. Já o Azulão, foi bicampeão nas temporadas 2018 e 2019