Desde 2019 Alagoas registrou mais de 48 mil acidentes de trânsito com feridos

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Dados são dos hospitais Geral do Estado e de Emergência do Agreste

Foto: Michelle Farias/G1

Maria Luiza Dantas*

Vários acidentes marcaram o trânsito de Alagoas nas últimas semanas. Invasão da contramão, embriaguez ao volante e alta velocidade foram alguns dos motivos para acidentes que resultaram em vítimas, algumas fatais. De acordo com dados dos hospitais Geral do Estado (HGE) e de Emergência do Agreste (HEA), coletados pela Agência Tatu, de janeiro de 2019 a julho de 2021 foram realizados atendimentos a feridos em 48.205 acidentes de trânsito ocorridos no estado.

Segundo os dados, os tipos de acidentes de trânsito mais comuns onde feridos foram atendidos pelo HGE, em 2019, foram os que envolviam motos, colisões e atropelamentos. Foram 3.294, 3.249 e 903 registros, respectivamente. Um total de 8.288 acidentes registrados.

em 2020, o número total de acidentes registrados no HGE caiu para 7.224, onde os mais comuns também foram os acidentes de moto, colisões e atropelamentos. Correspondendo ao número de 3.109, 2.723 e 652 acidentes, respectivamente. 

De janeiro a julho deste ano foram registrados 3.343 acidentes com feridos atendidos no HGE. As principais causas dos acidentes seguem as mesmas: moto (1.408), colisão (1.211) e atropelamento (370).

Levando em consideração o período de janeiro a julho dos três anos, é possível observar uma redução no número de acidentes: o ano de 2019 contabilizou 4.577 ocorrências, no ano de 2020 foram 3.977, já o ano de 2021 atendeu vítimas de 3.343 acidentes de trânsito. 

Veja o gráfico:

AGRESTE

O Hospital de Emergência do Agreste (HEA), localizado na cidade de Arapiraca, atendeu, em 2019, a vítimas de 12.320 ocorrências; já em 2020 esse número diminuiu para um total de 11.255 e de janeiro a julho deste ano foram 5.775 acidentes de trânsito com vítimas que precisaram de atendimento médico.

Assim como na região metropolitana, o número de acidentes vem diminuindo no Agreste. Comparando o número de acidentes nos primeiros semestres de 2019 (6.750), 2020 (5.907) e 2021 (5.775), se verifica que os acidentes de trânsito com vítima diminuíram ano após ano.

MOTOCICLETAS

A maior parte dos acidentes com vítimas que precisaram de atendimento nos dois hospitais nos últimos três anos são referentes a quedas de motocicletas. Foram 24.682 acidentes, o que representa 51% do total de acidentes registrados em Alagoas nos últimos 3 anos.

O HEA, localizado em Arapiraca, registrou 16.748 acidentes motociclísticos no período. Mais que o dobro dos acidentes com moto registrados no HGE, de Maceió, que contabilizou 7.934 ocorrências do tipo.

*Estagiária sob supervisão da editoria

DADOS ABERTOS | Prezamos pela transparência, por isso disponibilizamos a base de dados e documentos utilizados na produção desta matéria para consulta:

Acidentes de trânsito em AL

Assine a nossa newsletter

Recomendadas pra você

Receba conteúdo gratuito da Tatu diretamente no seu WhatsApp.